quinta-feira, 9 de março de 2017

A cadeira 37, que eu estava concorrendo, na Academia Brasileira de Letras, ficou com Arno Wehling


"Historiador vai ocupar cadeira que pertenceu a Ferreira Gullar, morto em dezembro do ano passado


(...)



Segundo pessoas próximas ao processo eleitoral, havia sentimento bastante forte na Academia de que eleger Wehling seria uma maneira de homenagear o IHGB. Correndo por fora na disputa pela carreira 37, de Gullar, estava Antônio Campos, irmão do ex-governador de Pernambuco, Eduardo Campos, e criador da Festa Literária Internacional de Pernambuco (Fliporto). Os outros candidatos foram Felisbelo da Silva, Batista D’Obaluayê, Rossini Corrêa, Antonio Martins de Araújo, Adenildo de Lima, José Roberto Guedes de Oliveira, Diego Mendes Sousa, Luisinha Dias de Valois Santos e Eloi Angelos Ghio D’Aracosia."


Para ler a matéria completa, acesse:

Fonte: O GLOBO

http://oglobo.globo.com/cultura/livros/arno-wehling-eleito-para-academia-brasileira-de-letras-21038182 



Observação em 27/03/17:

O texto dessa matéria, publicado aqui no dia 9 de março, do jornal O Globo, foi alterado pelo jornal.

Mais alguns jornais que divulgaram, inclusive a ABL:

ACADEMIA BRASILEIRA DE LETRAS
JORNAL FLORIPA

Nenhum comentário: